Documento sem título
QUEM SOMOS
Conheça a ONG
Bicho Legal
 
NOTÍCIAS
Artigos e curiosidades
 
SERVIÇOS
Como podemos ajudar
 
SAÚDE ANIMAL
Alimentação, vacinação, primeiros socorros...
 
MAUS TRATOS
Como agir e quem procurar
 
GUIA PRÁTICO
Acesse e conheça nosso guia
 
     
     
 
Notícia - O LIXO E O LUXO O LIXO E O LUXO

Num reino desencantado, onde a injustiça campeia, moravam, entre extremos sociais, o Lixo e o Luxo, camaradas da cidade grande onde tudo se escancara vergonhosamente alinhavado à disparidade. O Luxo espiava atentamente dos altos de suntuoso arranha-céu, o Lixo humilde atirado à sarjeta, onde cães famintos competiam pela conquista das sobras. Então, o Luxo lá das alturas bradou com incauta soberba: Olá Lixo! Que vida ingrata a tua! No chão, exalando o aroma da decadência! Quanta diferença! Vivo na mais completa fartura, amanteigados, geleias e queijos, toalhas de linho, lençóis egípcios de incontáveis fios, talheres de prata, porcelana austríaca e cristais tchecos a tilintar saúde, tudo exalando fragrâncias importadas!
O Lixo, com voz embargada, própria dos sábios já resignados, levanta a cabeça para encontrar o olhar ousado do vizinho e responde: Bom dia Luxo! Que vidão hein? Tens tempo de espiar a vida alheia, sorrir das desgraças dos menos favorecidos, desdenhar dos famintos e por incrível que pareça, ainda sobra ociosidade para a ojeriza e o escárnio da realidade. Pois é, estou aqui na calçada com os cães famintos, antigos frequentadores de luxuosos petshops ! E pensar que muitos deles viviam luxuosamente, mas foram covardemente descartados pelos requintados donos. Porém, não somente os cães sobrevivem de minhas imundícies, há muitos humanos que aqui encontram o sustento para matar o arder da fome. Como vês sou útil, apesar de fétido. Afinal é desse imenso condomínio que recebo queijos finos, quase inteiros, verduras e frutas em ótimo estado, nacos de carnes rejeitados, embalagens de doces exóticos e pacotes de bolachas importadas, tudo descartado pela insignificância. Como vês, alguém precisa ser útil neste mundo. Nisso, o homem magro, retrato da miséria urbana, atrelado à tosca carroça, estacionou e deu início à busca no gratuito armazém dos ignorados! Papelão, plástico, madeira e alimento! E por ser tudo muito precioso, o aroma da miséria, que ali marcava presença, sequer era sentido!
O Luxo percebeu que tudo era efêmero e de pouca utilidade e que um belo dia poderia fazer companhia para o astuto e inteligente Lixo, assim como os cães. Então, descobriu que a ostentação nada significa e que o Lixo era deveras útil e importante, pois servia para matar a fome dos excluídos, anônimos que todos fingem não enxergar! Enfim, uma simples vogal pode mudar o mundo: lixo ou luxo? Depende da maneira como aprendemos a ler e interpretar as histórias que a vida escreve!

Valderez de Mello
Advogada, Pedagoga, Psicopedagoga
Autora do livro Trama e Urdidura (2013)
 
Documento sem título
Copyright © 2012 - 2014
Todos os direitos reservados